Skip to main navigation Skip to main content

Antevisão da 17.ª jornada: curiosidades jogo a jogo

Liga NOS | 10/01/2019
headline image

Jornada de clássico (Sporting CP – FC Porto, sábado às 15h30) arranca hoje, em Portimão, com o Portimonense – SC Braga (20h15)

A jornada 17 da Liga NOS reserva-nos um dos clássicos do calendário nacional. Sporting CP e FC Porto têm encontro marcado para as 15h30 de sábado, no Estádio José Alvalade. O quarto classificado recebe o líder da tabela, numa partida de emoções fortes.

Na quinta-feira, Portimonense e SC Braga abrem as hostilidades, no Portimão Estádio. A equipa da casa procura voltar às vitórias, depois da derrota frente ao Marítimo M., na passada ronda, ao passo que os comandados de Abel Ferreira, que subiram ao segundo posto na última jornada, pretendem colocar pressão nos rivais diretos que lutam pelos lugares cimeiros da prova.

A ronda prossegue na sexta-feira, com o SL Benfica a viajar até aos Açores, para defrontar o Sta. Clara, uma das equipas em destaque na competição. O encontro está marcado para as 18h00 locais (19h00 no Continente). No mesmo dia, CD Aves – CD Feirense e Vitória SC – Moreirense FC medem forças.

Sábado, além de um dos clássicos do futebol português, o Estádio do Bessa Séc. XXI abre portas, para receber o Boavista FC – Marítimo M. A equipa madeirense voltou aos triunfos na jornada passada, algo que já não acontecia desde 2 de setembro. Será o regresso do técnico maritimista, Armando Teixeira (conhecido no mundo do futebol como Petit), a uma casa que bem conhece e que representou, tanto como jogador, como técnico principal.

Domingo há tempo para mais três encontros: CD Nacional – Belenenses; GD Chaves – CD Tondela; e Rio Ave FC – Vitória FC, jogo que encerra a 17.ª jornada da Liga NOS.

Na lista dos melhores marcadores, destaque para Dyego Souza (SC Braga), que continua no topo da tabela, com 11 remates certeiros às redes adversárias, seguido de perto por Bas Dost (Sporting CP), com 10 golos e por Vinícius (Rio Ave FC) e Rochez (CD Nacional), ambos autores de oito golos cada.

O SL Benfica, com um acumulado de 429 764 adeptos nos oito encontros jogados no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, foi a equipa que mais pessoas atraiu até aos jogos disputados dentro de portas. Por sua vez, o FC Porto, com nove partidas jogadas no Estádio do Dragão, apresenta uma percentagem de 85,77% de ocupação, a maior da Liga NOS.

Fique a saber mais sobre cada um dos duelos:

------------------

quinta-feira, 10 de janeiro

Portimonense – SC Braga

(20h15 – Sport TV)

Algarvios e “Guerreiros do Minho” abrem a jornada 17 da Liga NOS. A turma orientada pelo técnico António Folha viu uma série de três vitórias consecutivas ser interrompida na última ronda, diante do Marítimo M. Já o SC Braga regressou aos triunfos, depois de vencer o Boavista FC, pela margem mínima.

O histórico dos confrontos entre ambos os emblemas dá vantagem à equipa que viaja da cidade de Braga, com 16 vitórias em 30 encontros. O conjunto de Portimão venceu 12 duelos e o empate foi o resultado final por oito vezes. Ainda assim, apenas em três ocasiões o SC Braga venceu o Portimonense, na condição de visitante.

Para encontrar uma vitória dos algarvios frente aos bracarenses, é necessário recuar até 1 de abril de 1990, com José Pedro a fazer o tento solitário, num encontro relativo à 30.ª jornada, da época de 1989-90.

------------------

sexta-feira, 11 de janeiro

Sta. Clara – SL Benfica

(18h00 – Açores / 19h00 Continente – Sport TV)

A temporada de 2018-19 marca o regresso da equipa da ilha dos Açores ao principal escalão do futebol português. Será a oitava vez que Sta. Clara e SL Benfica se defrontam em âmbito oficial, a quarta no arquipélago açoriano.

O saldo é favorável aos “encarnados”, com seis vitórias conquistadas. O único encontro que não terminou com vitória do emblema da “Luz”, remonta à temporada de 2001-02, com o nulo a permanecer no marcador após o apito final.

A última visita do SL Benfica ao Estádio de São Miguel ocorreu a 22 de março de 2003. Na nona jornada da Liga NOS, vitória para os visitantes, por 1-2. A equipa da casa começou melhor, com João Pedro a inaugurar o marcador, mas um bis de Simão Sabrosa garantiu a remontada no marcador e os três pontos para o conjunto então comandado por Jesualdo Ferreira.

------------------

CD Aves – CD Feirense

(19h00 – Sport TV)

Embora contabilizem 41 encontros de cariz oficial, a última temporada marcou a estreia de embates entre os conjuntos da Vila das Aves e de Vila da Feira, no campeonato nacional de futebol.

Ambos os encontros terminaram com a vitória do CD Aves pela margem mínima, confirmando a ligeira supremacia “avense” no histórico geral dos confrontos entre ambos: 18 vitórias contra 14 dos “fogaceiros”.

Esta temporada, ambos os clubes ocupam dois dos três lugares abaixo da linha de água, pelo que a conquista de pontos é de extrema importância, com vista à fuga das posições de despromoção.

------------------

Vitória SC – Moreirense FC

(21h15 – Sport TV)

São dois emblemas que pertencem ao concelho de Guimarães. Vitória SC e Moreirense FC encontram-se com a luta pelos lugares europeus em vista. Três pontos separam o quinto e sexto classificados da prova, com o visitante a levar vantagem na tabela.

Nos 20 encontros anteriores que ambos os conjuntos disputaram entre si, vantagem para os “vitorianos”, que venceram metade (10). Um saldo vitorioso, conquistado, exclusivamente, na Liga NOS, sendo que quatro desses triunfos, foi conquistado no terreno dos “cónegos”.

Na última época, uma vitória caseira para cada uma das equipas, e ainda um empate, a três golos, num encontro relativo à terceira jornada da fase de grupos da Taça da Liga, agora Allianz CUP.

------------------

sábado, 12 de janeiro

Sporting CP – FC Porto

(15h30 – Sport TV)

É uma rivalidade centenária, com 218 jogos oficiais, separados entre Liga NOS, Taça da Liga, Taça de Portugal e Supertaça. O saldo é ligeiramente superior aos “dragões”, com 79 triunfos contra 77 dos “leões”.  Pelo meio, registam-se, ainda, 62 empates. No rácio de golos, a vantagem é verde e branca, com 308 remates certeiros, mais 16 do que os 292 apontados pelos “portistas”.

Esta temporada, o Sporting CP ainda não cedeu qualquer ponto no Estádio José Alvalade, e espera fazer valer a supremacia histórica nos 102 encontros disputados como visitado. A turma de Alvalade venceu mais de metade dos jogos (52) em que recebeu o atual líder e campeão nacional, 45 das quais na Liga NOS. Por sua vez, os azuis e branco somam 20 triunfos nas deslocações a Lisboa, 19 das quais para o Campeonato Nacional.

Na última temporada, em cinco encontros, registaram-se uma vitória para o Sporting CP, duas para o FC Porto e dois empates, um dos quais na Allianz CUP, com a equipa “leonina” a vencer no desempate por grandes penalidades, por 4-3.

A última vez que os “dragões” venceram, no terreno do Sporting CP, em partidas a contar para o campeonato nacional foi na época de 2008-09. Lisandro López deu vantagem aos visitantes, João Moutinho empatou para a equipa da casa e Bruno Alves selou o triunfo final.

 ------------------

Boavista FC – Marítimo M.

(20h30 – Sport TV)

Dois históricos do futebol português encontram-se no Estádio do Bessa Séc.XXI. Boavista FC e Marítimo M., 14.º e 15.º classificados, respetivamente, são os emblemas que surgem nas posições logo acima da linha de água, ao cabo de 16 jornadas.

A turma axadrezada conquistou 10 dos 16 pontos na condição de visitado, vencendo os dois últimos encontros disputados dentro de portas. Por sua vez, o Marítimo M. voltou a sentir o sabor da vitória, algo que não acontecia desde a jornada quatro, na visita ao terreno do CD Aves.

Nas 68 partidas anteriormente disputadas entre ambos, a vantagem é dos “axadrezados”, com 27 vitórias somadas. Os “insulares” conquistaram 23 triunfos, tendo os restantes 18 encontros terminado com um empate no marcador.

------------------

domingo, 13 de janeiro

CD Nacional - Belenenses

(15h – Sport TV)

Seis pontos separam o CD Nacional, 11.º classificado, do Belenenses, conjunto que ocupa a sétima posição. A equipa alvinegra, que regressou esta temporada ao “convívio dos grandes”, defronta um conjunto, sobre o qual leva uma ligeira vantagem no confronto direto.

São 14 vitórias dos “madeirenses” contra 12 dos “azuis” e 10 empates. Um balanço que demonstra grande equilíbrio entre os dois emblemas, com o fator casa a ter grande preponderância nas estatísticas, para ambos os lados.

O último encontro entre ambos foi, igualmente, disputado no Estádio da Madeira e terminou com um empate a um golo, com golos de Fernando, para os da casa, e Juanto, para os visitantes.

------------------

GD Chaves – CD Tondela 

(17h30 – Sport TV)

Duelo entre dois conjuntos que vivem momentos diferentes no campeonato nacional. O GD Chaves é último classificado, com nove pontos, e sem conseguir somar três pontos num jogo desde a visita ao Estádio do Bessa Séc. XXI, na quinta jornada, onde venceu o Boavista FC, por 1-2. Por outro lado, o CD Tondela vem numa série de três vitórias consecutivas, que permitiu uma subida para a 12.ª posição da classificação geral.

No que toca à Liga NOS, será o quinto jogo disputado entre ambos os emblemas, com a curiosidade de o CD Tondela ainda não ter perdido qualquer um dos quatro encontros previamente disputados (duas vitórias e dois empates).

O último duelo entre “flavienses” e “tondelenses” foi disputado no Estádio João Cardoso, com Ricardo Costa e Tomané a fazerem os dois golos que deram a vitória à equipa da casa.

------------------

Rio Ave FC – Vitória FC

(20H – Sport TV)

O encontro que fecha a jornada será disputado em Vila do Conde. O Rio Ave FC não vence desde a oitava jornada (1-0, frente ao GD Chaves) e ocupa a 10.ª posição, com 19 pontos. Com menos um ponto conquistado, surge o Vitória FC, no 13.ª lugar da tabela classificativa, contabilizando cinco partidas sem vencer.

São dois emblemas que se conhecem bem e que já contam com 55 partidas entre ambos. Vantagem para o emblema vila-condense, com 25 triunfos, contra 18 dos “sadinos” e 12 empates.

Desde a edição de 2008-09, que ambos as equipas disputam a Liga NOS. Na última edição, o Rio Ave FC venceu, por 2-1, o encontro disputado “em casa”, ao passo que o Vitória FC triunfou, no Estádio do Bonfim, por 1-0.